Instituto Santo Pet

MEU CARRINHO
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Pets x Obesidade


  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A pandemia mudou a vida de todos nós, inclusive dos nossos pets. Com as medidas de restrições e o receio de contaminação, muitos donos de pets se viram numa situação difícil: “Como levar o cãozinho para passear?” Assim, muitos optaram por manter seus pets dentro de casa. Com a falta de exercícios e o excesso de alimentos, muitos pets acabaram entrando caindo no mal da obesidade.

Malefícios da Obesidade

A obesidade é uma doença que também aflige a vida dos nossos pets. Um dos seus sintomas mais comuns é a falta de ar, pois o animalzinho tem excesso de peso, que acaba atrapalhando o funcionamento dos órgãos respiratórios. A obesidade também causa indisposição no pet, a maioria deles tem uma grande dificuldade de se locomover. Fazer coisas que seriam simples para um animal saudável, se torna bem mais cansativo para os pets que sofrem de obesidade. Com o tempo, o desconforto do pet vai crescendo cada vez mais.

Se você quer que seu pet viva por muitos e muitos anos é importante que você se atenha aos cuidados necessários para impedir que seu pet caia na obesidade. Aí vão algumas dicas para ajudar o seu pet a sair desse cenário:

O que fazer?

1.      Visite o veterinário. O primeiro passo é realizar uma consulta com um bom veterinário. Ele vai realizar exames para saber qual a situação do pet, qual o peso ideal, de acordo com a raça, altura e idade do seu pet. Assim você saberá e o que ele precisa daqui para frente, para sair da obesidade.

 

2.      Dieta saudável para o pet. A maioria dos pets que chegam a ficar obesos tem como motivo principal o consumo de alimentos que não são apropriados para eles. Estabeleça uma rotina, um período certo para a alimentação do seu pet.

 

 

3.      Incentive o pet a se mover mais pela casa. Com atitudes bem fáceis e simples você pode ajudar o seu pet a se locomover pela casa. Use bolinhas, brinquedos, cordas, para que ele te siga e se divirta enquanto se movimenta. Isso vai fazer com que ele tome gosto por movimentar-se, o que já introduz os exercícios no cotidiano do seu pet.

 

4.      Caminhadas e corridas. Outro motivo muito forte do crescimento da obesidade nos pets é o sedentarismo. Os pets gostam de movimento, mas para isso, precisamos propiciar o espaço e meios necessários para que eles possam viver essa experiência. Leve o seu pet para caminhar e mantenha a constância nesse hábito. Para cães que possuem um sobrepeso elevado, é recomendado que se comece aos poucos. Leve água e um pote para que seu pet esteja sempre hidratado. Não force a barra! Esteja atento ao seu pet. Se ele parecer muito cansado, encerre por ali mesmo. Tente no dia seguinte. Com constância e consistência vocês conseguirão!

 

 

5.      A família inteira deve colaborar. A luta contra obesidade não é só do seu pet. Toda família deve ser conscientizada para auxiliar nesse processo. Converse com sua família, explique a situação do pet, peça para que eles não ofereçam petiscos ou comidas fora do horário da dieta. Você também pode revezar as caminhadas ou brincadeiras com outros membros da família, isso sensibilizará cada vez mais a todos, para que ajudem o pet a vencer obesidade.

Obesidade é doença, mas é possível sair dessa! Com os cuidados certos e a constância nos bons hábitos, seu pet ficará cada vez mais saudável. Cada sacrifício para prolongar a vida de quem a gente ama vale a pena!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter